quarta-feira, 13 de novembro de 2019

6 Peças que toda mulher pode usar na cidade e na praia


As peças que toda mulher pode usar na cidade e na praia são comuns no dia a dia e nunca saem da moda. Para ter um guarda-roupa de sucesso é preciso ter peças de roupas e acessórios inteligentes e práticos, ou seja, que possam ser usados em diversas ocasiões, como na cidade e na praia.

6 peças que podem ser usadas na cidade e na praia



1. Short masculino – Se tornou corriqueiro as mulheres usarem roupas do guarda-roupa masculino. Sendo que para usar na cidade e na praia, uma ótima opção é o short masculino. Para a cidade a peça pode ser usada com salto e camisa feminina, mas para a praia, use um chinelo ou rasteirinha e uma blusa de tecido leve.

2. Saia pareô – Poucas peças ficam bem na cidade e na praia. Porém uma das melhores é a saia pareô, que na cidade pode fazer a vez de uma saia midi e deixar o visual feminino e descontraído e na praia pode ficar no lugar de uma canga.

3. Presilhas e tiara – A tiara e as presilhas são tendências no verão, na praia e também na cidade. Utilize esses acessórios para prender o coque em todas as ocasiões e ponha a tiara para complementar um penteado solto. Uma boa dica é usar diferentes versões de presilhas em um mesmo penteado de uma só vez.

4. Camisa social – A camisa social branca pode tanto ser usada no trabalho como também na beira do mar ou da piscina. Solta e desabotoada, a camisa branca confeccionada com algodão pode ser usada como uma saída de praia requintada.

5. Maiô ou body – Tanto faz se é um maiô ou um body, o importante é que essas duas peças são coringas em um guarda-roupa feminino. Na praia elas podem ser usadas com uma canga ou sozinhas. Já na cidade pode combiná-las com calças ou saias.

6. Bolsa de palha – Essa peça é um clássico da praia. Hoje essa peça também pode ser usada na cidade e pode até fazer parte de looks de escritório. Na cidade use a bolsa de palha combinada com peças mais sofisticadas.

Portanto, se quer arrasar na praia e também na cidade, use e abuse dessas peças e mostre que você entende de moda. É importante dizer que essas não são as únicas peças que podem ser usadas nos dois locais, porque têm muitas outras, como: óculos e chapéu. Então use sua criatividade e monte um guarda-roupa prático e inteligente.














segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Aprenda a fazer o penteado partido ao meio para festas


O penteado partido ao meio para festas é tendência da moda e isso se deve ao fato de mulheres famosas e comuns investirem nesse penteado para festas requintadas e ocasiões especiais.

O penteado partido ao meio para festas é indicado para mulheres praticas que não abrem mão de variar no visual. Essa tendência, além de dar elegância e frescor, o cabelo dividido ao meio e colado na cabeça é uma ótima ideia para  festas e aqueles dias em que os cabelos ficam mais rebeldes.

Aprenda a fazer o penteado partido ao meio para festas



1 – Lave os cabelos normalmente;

2 – Aplique um produto para dar maciez aos fios e faça uma escova ou prancha lisa para que a aparência grudada no couro cabeludo dure por mais tempo;

3 – Em seguida, use um pente de dentes finos para criar a divisão perfeita. É ela quem segura todo o ar requintado do look;

4 – Vá penteando para os lados e prenda em um rabo baixo;

5 – A finalização vai depender da escolha de cada mulher. Rabo de cavalo cacheado ou liso e coques minimalistas podem ser formas de variar.

O penteado partido ao meio e com os fios grudados no couro cabeludo deixa a mulher mais chique e o melhor é que esse penteado pode ser usado em todos os tipos de cabelos, longos, médios e curtos e os com textura lisa, cacheada e até crespo. Porém, para ter o resultado esperado é fundamental usar produtos para domar os fios como óleos e leave-in.

Esses penteados podem ser complementados com uma fivela trabalhada, laços feitos com fitas, broches e até elásticos com algum diferencial. Para as mulheres mais discretas, a dica é usar um acessório com a mesma cor do cabelo ou transparente.

Esse penteado pode ser usado, inclusive em ocasiões que pedem um visual feminino e bem produzido como: casamentos, formaturas, jantares românticos e etc.

Portanto, se está em busca de um penteado maravilhoso que a deixará ainda mais linda, invista no penteado partido ao meio para festas que é tendência neste ano e promete arrasar no ano que vem.


domingo, 10 de novembro de 2019

Como prevenir e tratar o envelhecimento dos cabelos



Prevenir e tratar o envelhecimento dos cabelos é fundamental para ter cabelos lindos e saudáveis por mais tempo. Os tons prateados dos cabelos não são a única mudança dos cabelos com a idade. Da mesma maneira que a pele da mulher sofre alterações quando entra na menopausa, o cabelo também passa por fases.

Como prevenir o envelhecimento dos cabelos


De acordo com especialistas, a prevenção pode retardar o envelhecimento dos cabelos. O sol é a principal causa do envelhecimento do fio. O cigarro é outro fator e também as mudanças na dieta e as hormonais.

Os fatores externos como muita química nos fios também deixa os fios muito expostos, porque mudam a pele do couro cabeludo. Essa parte da pele com o tempo vai ficando mais sensível, ou seja, com a idade ela pode ficar mais ressecada.

Para prevenir as dicas são: Usar protetores térmicos, além de usar bonés e chapéus para não expor o couro cabeludo por muito tempo ao sol.

Outra dica boa é fazer hidratação nos cabelos uma vez por semana, principalmente, a partir dos 60 anos quando os fios ficam mais finos e com menos cobertura do couro cabeludo.

Depois dos 60 anos é muito importante ter cuidado com os tratamentos capilares. No caso das tinturas, cabeleireiros dizem que há contraindicações em alguns casos. É preciso ter cuidado com as tinturas, as colorações permanentes cobrem até 100% dos cabelos brancos, mas podem ressecar e clarear os fios. Já os tonalizantes, não clareiam os fios e cobrem até 70% das madeixas brancas.

Os alisamentos químicos também precisam de atenção, porque o couro cabeludo está frágil e se torna mais fácil ter alergias. Produtos de alisamento registrados na Anvisa não oferecem riscos à saúde. Se for ao salão fazer o alisamento tenha cuidado para o profissional não colocar formol, que é tóxico e dependendo da quantidade o organismo pode até absorver.

Para prevenir o envelhecimento dos cabelos evite tomar muito sol, deixe o cigarro de lado, faça hidratações nos cabelos, alimente-se bem e evite ao máximo os tratamentos químicos, principalmente, com formol.

Tratamentos


Existem tratamentos que podem ser realizados no consultório de um dermatologista. Alguns tratamentos feitos são: mesoterapia e hormonoterapia, com a aplicação de medicamentos por baixo do couro cabeludo.

Os tratamentos para combater esse problema dependem de cada caso, quer dizer, você precisa procurar um dermatologista para saber o que está acontecendo realmente. Assim poderá ter cabelos jovens e saudáveis por muito mais tempo.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Cuidados para manter os cabelos tingidos sempre lindos



Os cabelos tingidos fazem parte do visual da grande maioria das mulheres. A mudança de cor das madeixas se deve, principalmente, a dois motivos: Para seguir as tendências da moda ou para cobrir os fios brancos.

Para as mulheres que têm cabelos tingidos e querem saber quais os cuidados para manter os fios com a cor viva e brilhante por muito tempo, aqui vão todas as dicas fundamentais para isso.

Cuidados para manter os cabelos tingidos sempre lindos

Hidratação – A hidratação é essencial para todos os cabelos e com os tingidos não é diferente. A coloração retira os nutrientes e a umidade dos fios, fazendo com que eles fiquem ressecados e a cor desbote. Após colorir seus cabelos faça hidratação com frequência. Se o cabelo estiver muito danificado, faça uma hidratação antes do tingimento.

Produtos para os cabelos tingidos – Tenha cuidado com xampus e condicionadores que possuem muito sulfato em sua composição, pois, essa substância tem ação adstringente e pode ressecar muito o cabelo. Use xampus e condicionadores específicos para cabelos tingidos, assim não tem erro.

Evite água quente – A água quente resseca o cabelo e deixa o couro cabeludo mais oleoso. Por isso, use água fria que agride menos o cabelo e conserva mais o brilho dos fios pintados. Se o dia estiver muito frio, use água morna e em seguida, uma ducha de água fria no final do banho.

Tenha cuidado com o cloro – Muitas mulheres tingem os cabelos e depois vão com frequência para a piscina, isso acaba com qualquer tintura. Os fios loiros ficam esverdeados e os castanhos avermelhados. Aposte em hidratações com silicone para preparar o cabelo para enfrentar os efeitos do cloro e outros componentes encontrados na água da piscina. Se você pratica natação use uma touca de silicone por cima da touca de banho.

Filtro solar – Assim como a pele, o cabelo sofre com a exposição ao sol. Os raios solares afetam a estrutura interna do fio, prejudicando a saúde dos cabelos e fazendo com que os pigmentos da tinta oxidem rapidamente, quer dizer, o sol desbota a cor das madeixas. Use um produto com filtro solar e um chapéu.

Lavar os cabelos – A frequência em que se deve lavar os cabelos tingidos vai depender do tipo de fio que cada mulher tem. Se a raiz for muito oleosa a dica é lavar todos os dias, mas se o cabelo for ressecado o mais indicado é lavar os fios no máximo três vezes por semana. O importante, é que em todos os casos é necessário usar produtos específicos para cabelos pintados.

Combinar químicas – Se você é daquelas mulheres que quando vão ao salão aproveitam para fazer diversos tratamentos, tenha cuidado. Quanto mais processos químicos fizer, mais cuidados terá que ter com seus cabelos. Alisamento e relaxamento não devem ser feitos junto com a coloração, porque, os fios ficarão danificados.

Portanto, se tem cabelos tingidos, siga todos os cuidados acima e aproveite seus cabelos lindos por muito mais tempo. Caso ainda não tenha pintado seus fios, veja se realmente precisa.


domingo, 17 de fevereiro de 2019

Modelos de vestidos jeans curtos – Fotos



As mulheres estão sempre de olho nas tendências da moda. Entretanto, algumas peças de roupas são coringas no guarda-roupa feminino, pois, combinam com todas as estações e ocasiões, esse é o caso do vestido jeans curto.

No mercado é fácil encontrar os mais variados modelos de vestidos jeans curtos, sendo que alguns são mais requisitados do que outros. Para as mulheres que adoram usar peças de roupas com esse tecido, aqui vai uma lista com os principais modelos.

Modelos de vestidos jeans curtos



Justos – As mulheres que estão com o corpo em dia não abrem mão de apostar em roupas que destacam suas curvas, para elas os vestidos jeans curtos mais indicados são os mais justos. Esses modelos são sensuais e femininos.

Soltos – Para as que preferem looks mais confortáveis nada melhor do que os vestidos jeans curtos soltos que parecem blusões. Eles podem ser usados por mulheres com todos os tipos de corpos.

Modelagem delicada – Os vestidos jeans curtos com modelagens delicadas trazem alças ou mangas e destacam suavemente o corpo feminino. Esses vestidos podem ser usados em festas e eventos que pedem mais sofisticação.

Com decote ombro a ombro – Esse decote pode ser encontrado nos vestidos jeans curtos mais simples e também mais requintados. As mangas podem trazer ou não babados.

Mangas longas – Os vestidos jeans curtos com mangas longas podem ser vistos no inverno e combinados com botas. Esse look deixa qualquer mulher mais bonita. Esses modelos também podem ser usados em festas sofisticadas.

Detalhes na cintura – Os vestidos jeans curtos com detalhes na cintura deixam as mulheres mais esbeltas e perfeitas. Os detalhes podem ser cintos, vazados, bordados, dentre outros.

Rendas – Para as mulheres que buscam um vestido jeans curto para ir a uma festa requintada, a melhor opção são os que trazem rendas ou babados na saia ou em qualquer outra parte do modelo.

Vestidos jeans curtos – fotos



Para as mulheres que querem se inspirar nos modelos de vestidos jeans curtos, aqui vão algumas fotos. Esses vestidos devem sempre fazer parte dos looks de todas as mulheres.



















sábado, 9 de fevereiro de 2019

4 Técnicas de alongamento de unhas que fazem muito sucesso


As mulheres estão preocupadas com sua aparência todos os dias. Entre as principais preocupações estão as unhas, já que elas não só são responsáveis pela beleza das mãos e dos pés, como também dizem se a pessoa está bem ou mal de saúde. Unhas fracas e quebradiças são sinais de carência de alguma vitamina, contato constante com produtos de limpeza ou o hábito de roer unhas, que deve ser evitado.

Para ter unhas longas e lindas, as mulheres têm à sua disposição várias técnicas de alongamento de unhas. Para ficar com as unhas compridas e na moda, o público feminino deve ir ao salão de beleza. 

Para as mulheres que estão pensando em alongar as unhas, aqui vão 4 técnicas muito conhecidas e queridas por todas as mulheres, não importando sua idade. Lembrando que antes de se submeter a qualquer procedimento estético é preciso encontrar uma profissional honesta e experiente.

4 técnicas de alongamento de unhas que fazem muito sucesso


Fibras de vidro – Esse alongamento de unhas tem como base a fibra de vidro. As fibras de vidro são moldadas sobre a unha natural, fixadas com gel e expostas a luz ultravioleta. Apesar de ser parecido com o gel, são mais resistentes. Apesar das unhas com fibra de vidro precisar de manutenção quinzenal, elas podem durar muitos meses. O visual fica natural e as unhas podem até receber esmaltes transparentes.


Acrigel – As unhas de acrigel são feitas com gel. Entretanto, recebe uma camada de pó acrílico para dar resistência e durabilidade as unhas. O alongamento pode durar de dois a três meses, mas com uma manutenção quinzenal. A vantagem desse alongamento é tentar encobrir todas as imperfeições.


Acrílico – O alongamento de unhas com acrílico é o mais tradicional de todos. As unhas de acrílico são feitas da mistura de monômero líquido e pó acrílico, que juntos formam uma massa que é colocada sobre as unhas. Com a ajuda de um pincel, essa massa é moldada na unha. A secagem dessa massa é feita com a luz natural. Esse procedimento também é feito com profissionais, tendo que ser realizada a manutenção a cada 15 dias.


Gel – O alongamento de unhas com gel é o preferido do momento, como também o mais usado. Essas unhas não tem cheiro e são hipoalérgicas, esse alongamento possui uma curvatura mais próxima do natural possível, deixando as unhas mais resistentes e fortes. Esse tipo de alongamento só pode ser colocado por manicures profissionais, assim como também só pode ser retirado por elas. As unhas de gel devem ser trocadas a cada 20 dias, porque elas vão se danificando com o passar do tempo. O procedimento leva em torno de duas horas e consiste no uso de extensores de unha fixados com aplicação em gel e secagem em uma cabine com luz ultravioleta.


Portanto, se sofre com unhas curtas e fracas e quer ficar com as mãos bonitas e bem cuidadas, vá a um salão de beleza, fale com uma manicure e escolha o alongamento mais adequado para você. Lembrando que para ter unhas longas e de verdade, basta hidratar as mãos, evitar os produtos de limpeza e não roer as unhas.